Meu nome é Pedro, tenho 7 anos e sou filho da Carmem e do Roberto. Eu tenho mais dois irmãos: meu irmão mais velho se chama Tiago e minha irmã mais nova é a Elisa.

Minha avó sempre fala que lá em casa somos um sanduiche de crianças. Eu gosto dessa idéia, pois sou o irmão do meio, então, sou o recheio do sanduiche que é a melhor parte dele, né?

Meu pai e minha mãe não moram mais juntos; eles estão separados. No começo, eu achava isso muito chato, mas agora entendi que mesmo morando em casas separadas, somos uma família porque estamos sempre juntos.

Na escola eu sou um bom aluno, às vezes, a professora fica brava comigo porque eu falo demais, mas, mesmo assim, eu sempre tiro notas boas.

Eu gosto de jogar futebol no clube e de ir à igreja aos domingos, e como sempre freqüentei a missa com meus pais desde bem pequeno, pude conhecer o Pequeninos do Senhor, assim, não deixo de ir aos encontros porque me sinto muito alegre e feliz. Enquanto minha mãe fica na missa, eu e a Elisa participamos do encontro dos pequeninos. Lá eu tenho dois amigos que eu gosto muito, são o Mateus e a Lia, e a gente fica sempre perto um do outro para ouvir as histórias de Jesus.

Quando começa a missa, a gente entra na igreja com um colete amarelinho e bem bonito, como este que eu estou com ele, e o Padre recebe a gente com muito carinho.

Depois vamos para uma sala e lá, a gente conversa, canta, fala de Jesus e aprende sempre uma coisa nova sobre Ele.

Você já foi ao Pequeninos do Senhor? Não? Então vá! A gente se encontra lá, tá bom?

Tô te esperando,

Pedro